Filmes

Clique nas estrelas

Resultado 17 de 3.9 votos no total.

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro votar.

3.9
(17)

Ser tão Nossa

SINOPSE DA OBRA 
Dialogando entre o misticismo e a fé, a ação e a intuição, uma Mulher se conecta consigo mesma e enfrenta o seu destino.

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA 
LIVRE

GÊNERO 
Ficção

FICHA TÉCNICA 
Elenco: Michelle Maciel
Participação Especial: Maria Lindalva de Souza Silva, Maria Lindalva da Silva Oliveira e Socorro Maria da Silva 
Produção Executiva: Adriano Sousa, Antonio Fargoni, Geraldo Cavalcanti, Hipólito Lucena, Ricardo Peres e Tiago A. Neves
Direção de Produção: Hipólito Lucena e Michelle Maciel
Produção Local: Fernando Lessa e Isaac Apolônio 
Assistentes de Produção: Francisco Haniel, Pedro Paulo, Rebeca Souza e Wagner Queiroz
Direção, Roteiro e Montagem: Antonio Fargoni
Assistente de Direção: Vitorino Jean
Consulta de Roteiro: Nivaldo Rodrigues, Ricardo Peres e Tiago A. Neves
Direção de Fotografia: Antonio Fargoni
Assistentes de Fotografia: Fernando Lessa e Pedro Matheus
Operador de Drone: Fernando Lessa
Correção de Cor: Antonio Fargoni e Tiago A. Neves
Direção de Arte: Ricardo Peres
Produção de Arte: Melissa Yagami e Thais Aisnar
Figurino: Michelle Maciel e Ricardo Peres 
Assistente de Arte: Nathalia Ferreira
Som Direto: Tiago A. Neves e Hipólito Lucena
Assistente de Som: Rebeca Souza
Edição e Mixagem de Som: Antonio Fargoni
Motoristas: Claudio de Souza e Seu Luís

FILMOGRAFIA DO DIRETOR 
Curtas: “Existe esperança maior do que o amor?” (2017), “O último dia de primavera” (2017), “Imagem final” (2017), “Contraplano” (2017), “Nas linhas do vento” (2018), “Era” (2018), “Eu, meu pai e a estrada” (2018), “No oco do tempo” (2019), “Dos filhos deste solo és Mãe” (2019), “O caminho das águas” (2020) “Ser tão Nossa” (2020), “O fim é o princípio” (2020), “Ausências” (2021); Longa: “Nós passarinhos” (2021).

Siga nas redes socias